23 de junho de 2017

Whey Protein vale a pena?

O Whey Protein passou por um longo caminho ao longo dos últimos anos – partindo de uso feito apenas por bodybuilders, ele agora passou a ser utilizado por atletas profissionais e casuais em todos os níveis.

Aqui você irá aprender mais sobre a proteína do soro do leite, mais conhecida como Whey Protein. Você vai aprender se você deve ou não usar o Whey Protein, as diferenças entre os vários tipos de proteína de soro de leite, e mais.

Whey Protein

O que é Whey Protein?


O Whey Protein, é na verdade a proteína do soro do leite, que é um subproduto líquido da produção de queijo que é vendido como um suplemento dietético em forma de proteína em pó e shakes.
A proteína de soro de leite costumava ser descartada pelos fabricantes de queijo como um produto de desperdício, mas isso mudou.


O Whey Protein é também uma "proteína completa" que é de rápida e fácil digestão. Sempre que comemos uma fonte de proteína, nosso corpo usa os 20 aminoácidos (que são os componentes individuais da proteína) para reparar ossos, músculos, órgãos e praticamente todas as partes do corpo e tecidos do corpo humano.

Quando uma fonte de proteína tem todos os 9 aminoácidos essenciais, que são aminoácidos que seu corpo precisa obter de alimentos, o alimento é chamado de “proteína completa”. 

Alimentos como carnes, laticínios, ovos e proteínas vegetais raras, como quinoa são proteínas completas. Por outro lado, a maioria dos vegetais, arroz e amidos não são proteínas completas porque tem um ou mais dos aminoácidos essenciais em falta em sua composição. Sendo assim, não só os alimentos têm diferentes perfis de aminoácidos, mas a taxa na qual a proteína é absorvida pelo seu corpo pode variar. Das diferentes medidas de absorção de proteínas, uma das mais populares é o Valor Biológico.

💬 O Whey Protein tem, por exemplo, a maior pontuação possível de valor biológico, o que significa que ele contém todos os aminoácidos necessários para ser considerado uma proteína completa e é muito facilmente digerido pelo seu corpo.

Benefícios do Whey Protein


Enquanto nenhum suplemento pode substituir uma dieta de alimentos inteiros, naturais, e não transformados, a proteína de soro de leite (ou Whey Protein) pode ser útil para pessoas com um estilo de vida muito ocupado, servindo também como um suplemento à sua dieta diária.

Os benefícios de um suplemento a base da proteína de soro de leite de alta qualidade variam de puramente estética à preservação da saúde. Abaixo você confere uma lista de benefícios que foram associados com o trabalho de suplementação do Whey Protein:

  • Perda de peso
  • Auxilio no aumento de massa muscular
  • Ajuda no tratamento do câncer
  • Aumento dos níveis de glutationa (principal antioxidante à base de água do seu corpo)
  • Diminuição nos sintomas do HIV
  • Diminuição dos triglicérides
  • Diminuição do colesterol total enquanto aumenta o HDL (colesterol bom)
  • Aumento da função do sistema imunológico
  • Aumento da força na prática de esportes
  • Diminuição do tempo de recuperação e sintomas de excesso de treinamento

Se você está tentando aumentar os músculos, ter BCAA suficiente no seu organismo é essencial para ajudar a preservar o músculo, ao mesmo tempo, ajudando a estimular o crescimento muscular adicional. Se você está em um estado hipocalórico (se você está tentando perder peso e está cortando calorias), preservar o músculo torna-se ainda mais importante e garantir que você tem BCAA suficiente ajuda a manter sua massa magra, ao mesmo tempo que ajuda você a perder gordura.

Outro grande benefício da proteína de soro de leite é que estudos indicaram que a produção de glutationa aumenta quando tomamos o Whey Protein. Embora você possa ter ouvido falar da vitamina C ou da vitamina E como sendo anti-oxidantes, o que seu corpo usa principalmente como um anti-oxidante para limpar os radicais livres é a glutationa, tornando-se uma das substâncias mais importantes no organismo. 

Se você olhar para a lista de benefícios citados (ajuda no tratamento do câncer, HIV, diminuição do tempo de recuperação dos músculos, etc), a maioria desses benefícios são geralmente atribuídos ao aumento da produção de glutationa, o que faz desse benefício como um dos principais do Whey Protein.

Riscos do Whey Protein


Geralmente, a maioria das complicações associadas com a ingestão do Whey Protein tem a ver com problemas digestivos, tais como gases, inchaço, dores de cabeça, cãibras e fadiga. Nenhum destes é geralmente considerado como um risco de vida, mais apenas complicações um pouco irritantes.

A maioria das pesquisas mostra que se você está experimentando qualquer um destes sintomas, eles são mais prováveis ​​devido à lactose (encontrada mais no Whey Protein Concentrado) do que a proteína de soro de leite em si. Com isso dito, existem diferentes métodos de produção do Whey Protein, onde isso pode influenciar o quão bem seu corpo pode utilizar a proteína. O que mostra que você deve saber qual tipo de Whey Protein é o ideal para o seu organismo. 

Whey Protein

O maior medo frequentemente associado a ingestão do Whey Protein é que muita proteína pode ser "ruim para os rins". Porém, estudos mostraram que isso não ocorre em indivíduos saudáveis. 

Para aqueles com doença renal conhecida, dietas ricas em proteínas podem piorar condições pré-existentes. Indivíduos saudáveis, sem qualquer doença renal subjacente ou desconhecida não têm nada com que se preocupar com uma maior ingestão de proteína. Uma vez que o que ocorre é que o seu corpo se adapta ao aumento da proteína, aumentando as taxas de filtração glomerular (o que significa que mais fluido passa por seus rins e há um aumento na produção de urina).

Tipos de Whey Protein


Existem três tipos principais de Whey Protein: Whey Protein Concentrado, Whey Protein Isolado e Whey Protein Hidrolisado.

As diferenças entre estes três tipos de proteína de soro do leite acontecem por causa da forma como a proteína é processada e, portanto, falam sobre a quantidade de proteína presente em cada um desses tipos.

1 - Whey Protein Concentrado (WPC) 


É geralmente o mais barato dos três e tem a menor quantidade de proteína por 100 gramas dos três tipos. Apesar de ter o menor teor de proteína, ele ainda tem uma porcentagem muito alta, tipicamente variando entre 55-89%. Os outros 11-45% são constituídos por gordura, lactose e contêm quantidades mais elevadas de vários peptídeos que aumentam o sistema imunológico, tais como alfa-lactalbumina e imunoglobulinas.

2 - Whey Protein Isolado (WPI) 


Tem em média 95% do seu peso proveniente de proteínas, com lactose e gordura mínima. Esse tipo é mais caro do que o concentrado e existem vários métodos de filtragem que podem manter muitas das qualidades benéficas do concentrado, embora isso geralmente custe mais.

3 - Whey Protein Hidrolisado (WPH) 


É uma proteína ainda degradada que é digerida muito rapidamente no corpo e tem cerca de 99% do seu peso proveniente de proteínas. Este é o mais caro dos três e geralmente o que tem o pior sabor.

Whey Protein

Quando usar o Whey Protein. Ele vale a pena?


Como o Whey Protein é rapidamente digerido, você deve toma-lo cerca de 30 a 60 minutos após o treino se o seu objetivo é recuperar os músculos. Em qualquer outro momento, se você quer retardar a digestão da proteína, você pode ingeri-la com outros alimentos. Por exemplo, se você quiser uma taxa de proteína extra para o café da manhã, mas não quer comer ovos, você pode adicionar o pó de proteína de soro de leite à aveia, ou em várias receitas de panqueca, por exemplo, visando a perda de peso e aumento de massa magra.

Se, por outro lado, você está querendo um lanche rápido no trabalho, você pode fazer um shake com algumas nozes ou óleo de peixe para retardar a digestão da proteína, recomendamos o uso de uma bolsa térmica fitness com partição para coqueteleira para facilitar o transporte do seu Whey! A combinação com a gordura vai ajudar a diminuir a digestão da proteína, permitindo assim que os níveis de insulina diminuem e trazendo ainda maior sensação de saciedade.

Sendo assim, se você quer crescer músculos ou se está em um processo de emagrecimento, ou se ainda gostaria de repor suas proteínas, sim, o Whey Protein vale muito a pena e se mostra um suplemento muito completo.

2 comentários:

  1. acho que como tudo na vida, em excesso as coisas acabam fazendo mal, mas com a orientação certa é bacana

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Lívia, sem orientação nada funciona!
      Beijos!!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo